Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lopes Baptista Morais

Lopes Baptista Morais

GÉNESE DA CONSTITUIÇÃO ANGOLANA DE 2010 - O Jornalismo ao Serviço do Direito

 

«Com esta obra, o autor procura atingir dois objectivos: colocar à disposição dos estudiosos e público em geral informações básicas e fundamentais para a compreensão dos fenómenos políticos que estiveram na base do processo constituinte da Constituição da República de Angola e fornecer-lhes uma vasta visão sobre a concretização, organização, funcionamento e a interdependência entre os três poderes, bem como uma bibliografia indispensável para aprofundar os estudos sobre qualquer uma das temáticas que versam sobre o processo Constituinte e a Constituição da República de Angola.» In Prefácio

  

Título: GÉNESE DA CONSTITUIÇÃO ANGOLANA DE 2010 - O Jornalismo ao Serviço do Direito

Autor: Adalberto Luacuti

Editora: Mayamba Editora, 2014

País de Edição: Angola

Edição:

Ano de Publicação: 2014 (Janeiro)

Idioma: Português

ISBN: 978-989-8528-49-0

Nº de páginas: 348

Preço de Venda ao Público (PVP): Akz 3.000,00 (três mil Kwanzas)

Público alvo: jornalistas, juristas, advogados, estudantes de direito e de jornalismo, políticos, público em geral

 

 

SOBRE O AUTOR

Adalberto Luacuti, 

Licenciado em Direito pela Universidade Jean Piaget de Angola, Adalberto Luacuti viria a tornar-se jornalista em efectividade de funções a partir de 1994 na Rádio Nacional de Angola, instituição onde iniciou a sua actividade como redactor-repórter e onde viria a ser entrevistador e cronista no horário nobre da estação pública de radiodifusão. 

Nascido em 09 de Janeiro de 1976, a advocacia sempre exerceu um papel importante na vida do autor a ponto de ter concluído uma pós-graduação em Direito do Trabalho e Segurança Social na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto (FDUAN) - no âmbito do protocolo de cooperação com a Faculdade de Direito de Lisboa - e uma pós-graduação em Gestão e Administração Pública - na opção do Sector Empresárial Público - na mesma instituição.

É docente das cadeiras de Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho da Universidade Jean Piaget de Luanda e ao longo dos anos tem participado como co-autor em diversas obras colectivas.

Lançamento do livro Génese da Constituição Angolana de 2010 – O Jornalismo ao Serviço do Direito

A Mayamba Editora procederá ao lançamento do livro Génese da Constituição Angolana de 2010 O Jornalismo ao Serviço do Direito, da autoria do Dr. Adalberto Luacuti, Advogado, Docente Universitário e Jornalista, ao serviço da Rádio Nacional de Angola há 20 anos.

O livro resulta da sua actividade profissional na qual teve o privilégio de noticiar e reportar para os programas informativos da Rádio Nacional de Angola todas as fases do processo constituinte que culminou com a promulgação e entrada em vigor da Constituição actual, permitindo, assim, uma passagem de testemunho à sociedade no âmbito do reforço da cidadania participativa.

Tendo em atenção a importância do livro para a história recente do País, já que reúne conteúdo para ser estudado nas instituições de ensino médio e superior, assente no sentido de missão desempenhado pelos sectores da comunicação social e do ensino para a consolidação do Estado Democrático e de Direito, bem como o reforço da cidadania, vimos, por este meio, solicitar apoio institucional para a publicitação antecipada e cobertura do evento, a ter lugar no dia 29 de Janeiro de 2014, pelas 15 horas, no Auditório Maria do Carmo Medina da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto.

O livro tem 348 páginas distribuídas seis capítulos e foi prefaciado pelo Mestre em Direito Cremildo Paca e será apresentado pelo jornalista Luís Fernando, contando com o apoio institucional da Rádio Nacional de Angola, Televisão Pública de Angola, Panzo Consulting, Cariongo e Ministério da Comunicação Social.

 

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO

CURSO DE CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO

 

Disponíveis: 60 vagas

Inscrições: no Campus Universitário, em Camama, Município de Belas

Período: De 9 a 18 de Janeiro de 2014

Horário: De Segunda a Sábado, das 9H às 15H.

 

I – FUNDAMENTAÇÃO

As Ciências da Informação é um espaço de conhecimento composto por disciplinas como: Arquivística, Bibliotecologia, Ciência da Informação e Museologia.

Tem como objecto central de  estudo a informação, seja esta: científica, tecnológica, económica, jurídica, política, administrativa, empresarial, artística, etc. em qualquer suporte e cenários em que se apresente.

O profissional da Informação (arquivistas, bibliotecários, museólogos, gestores da informação, consultores de informação, entre outros) é um sujeito dotado de um caudal de conhecimentos e habilidades específicas que lhe permitem realizar um conjunto de actividades e tarefas próprias do campo informativo documental.

A Licenciatura em Ciências da Informação é a responsável pela formação de profissionais da informação, donde se explicitam os conhecimentos e habilidades necessárias para o exercício desta profissão.

 

II – OBJECTIVOS GERAIS

O objecto de estudo e de trabalho desta carreira é a Informação, nas suas mais diversas expressões, suportes e cenários, visando facilitar o seu acesso e uso.

Ao terminar os estudos, o formado deve ser capaz de:

1. Enfrentar com critérios e avaliação profissionais sólidos aqueles dilemas que o uso da informação ou a interpretação da mesma podem acarretar, com base nas competências ético-axiológicas adquiridas durante a sua formação profissional;

2. Dominar e distinguir as características da informação e suas fontes, considerando suas particularidades desde os distintos espaços informacionais, assim como a incidência do contexto histórico-social na existência dos objectos informacionais e suas instituições.

3. Aquilatar as características e variáveis associadas à criação, captação, processamento, visualização, armazenamento, conservação e preservação da informação através do estudo e a utilização das tendências e documentos normativos que permitam sua análise.

4. Buscar, recuperar e avaliar informação contida em diferentes sistemas empregando diversas técnicas, métodos e instrumentos tecnológicas com a finalidade de satisfazer as necessidades.

5. Conceber e implementar a gestão de documentos, da informação e do conhecimento nos diversos contextos organizacionais e informacionais, para elevar a eficiência, a eficácia e apoiar a tomada de decisões estratégicas.

6. Dominar os fundamentos conceptuais das tecnologias de informação e comunicação, assim como a aplicação dos seus instrumentos aos processos da actividade informacional.

7. Compreender a evolução, dimensões e carácter interdisciplinar dos estudos de comportamento informacional dos seres humanos nos seus variados papéis, funções e contextos.

8. Identificar problemas informacionais como resultado dos processos que conformam os sistemas de informação orientados aos usuários.

9. Recompilar, resumir, apresentar e avaliar a informação relevante e proveniente de fontes heterogéneas, mediante o uso de técnicas e métodos de investigação diversos (métricos, estatísticos, matemáticos), que permitam a interpretação e a oportuna tomada de decisões em relação ao estudo de diferentes fenómenos próprios da vida quotidiana e do contexto social, económico e político, especificamente aplicados aos processos informacionais, estudos de mercado, processos de controlo de qualidade, gestão pública, investigações científicas e outros.

10. Manejar competências cognitivas e investigativas com uma perspectiva de aplicabilidade que lhe proporcionem elementos prácticos no uso da informação, o que implica interacção entre os referentes teóricos e as ferramentas tecnológicas e de outra índole que conduzem à estas conquistas.

 

III – SAÍDAS PROFISSIONAIS

O profissional da Informação actua em várias direcções: identifica e atende as demandas dos usuários, facilitando o acesso aos recursos de informação; seleciona, adquire e processa informação em todos os tipos de suporte (papel, magnético, óptico, digital) com a finalidade de armazená-las, recuperá-las, disseminá-las e preservá-las.

A Licenciatura em Ciência da Informação é a encarregue de formar um profissional capaz de actuar em qualquer organização que genera, possui, aceda e utiliza informação de forma intensiva, quer dizer:

. arquivos administrativos e históricos;

. consultorias de qualquer índole;

. empresas públicas e privadas nos seus diversos tipos que utilizam informação para seu desempenho;

. bibliotecas na sua mais ampla tipologia;

. centros de informação e documentação;

. Mediatecas.

Pode desempenhar cargos profissionais, tais como:

 

         . gestor de informação, de qualidade e do conhecimento;

         . arquitecto de informação e especialista em estudos de usuabilidade;

         . gestor documental;

. Analista de informação;

. Consultor de informação;

. Gestor de bibliotecas, mediatecas, arquivos e museus;

. Analistas de sistemas de informação;

. Auditor de informação e do conhecimento;

. Assessor de políticas públicas em matéria de informação e de investigação.

 

Próximos lançamentos da Mayamba Editora

 

1. Génese da Constituição angolana de 2010 – o jornalismo ao serviço do direito

Autor: Adalberto Luacuti

 

2. Violinos de Deus, 2ª edição revista e aumentada

 

Autor: Dom Francisco de Mata Mourisca, Bispo Emérito do Uíje

3. A Sogra da Minha Mulher

Autor: Caetano Júnior

 

4. Cartas, Recados e Desabafos
Autora: Dya Kasembe

QUEM ME DERA SER ONDA (1ª edição da Mayamba), de autoria de Manuel Rui

Num edifício onde é proibida a presença de animais, Diogo, o pai, um dia leva um leitão vivo para o seu apartamento. Entre diversas tramas e planos para escondê-lo dos moradores e do administrador, Zeca e Ruca, filhos de Diogo acabam afeiçoando-se ao animal e farão de tudo para impedir o trágico destino que o espera. Uma bela e tocante história de como uma amizade entre duas crianças e um porco pode mudar a vida de tanta gente. 

Trata-se de um livro muito pequeno, mas cheio de mensagens simbólicas e de metáforas, todas elas de grande beleza, como o facto de o porco só ficar calado quando ouve a Rádio Nacional de Angola, tal como as pessoas que calam o que pensam e sentem. 

 

Características do livro:

 

Título: QUEM ME DERA SER ONDA

 Autor:

Manuel Rui

Editor:

Mayamba Editora, 2013

País de publicação:

Angola

Edição:

1.ª (Pela Mayamba Editora) 

Ano de publicação:

2013

Idioma:

Português

ISBN:

978-989-8528-84-1

Numero de páginas:

88

Preço AKZ

Palavras-chave:

1.200,00 (preço de lançamento)

Disponibilidade e condições: Disponível

A TRANÇA (romance inédito)

A Trança, romance inédito de Manuel Rui há muito aguardado, brinda-nos com uma emocionante viagem pelos caminhos da espiritualidade africana através de Maria, quando esta decide viajar até Angola pela primeira vez e presenciar o nascimento do seu avô. 

Sobre esta magnífica obra, o professor de Literatura na Universidade do Estado de Bahia, no Brasil, Gildeci de Oliveira Leite, fez rasgados elogios e, num discurso emocionado, afirmou: 

"Citula, que antes se chamava Maria, tem os olhos verdes e as tranças cor-de-mel e é tão daquele lugar, tanto quanto todos os angolanos, que, como ela, têm os lábios grossos e o nariz chato.

Parece que A Trança nos quer dizer que são a espiritualidade e a ancestralidade que nos unem. Na minha Bahia negra diz-se que quando quando o enredo da pessoa com o orixá, com o vodum, com o inquice, com a ancestralidade é muito forte não há como fugir. O povo de Axé diz, "que tá tudo assim enredado, como uma trança, não adianta fugir".

É isso também que se ouve na Trança de Manuel Rui. A Trança foi feita com tanta perfeição que o enredo só pode levar a um único lugar: às origens, à ancestralidade. 

 A TRANÇA será apresentada pela Professora Amélia Mingas, Decana da Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto, no dia 15 de Janeiro (Quarta-feira), na  União dos Escritores Angolanos- UEA, Largo das Escolas, com a edição da MAYAMBA.

 

 

 

Título: A TRANÇA

 Autor:

Manuel Rui

Editor:

Mayamba Editora, 2013

País de publicação:

Angola

Edição:

1.ª 

Ano de publicação:

2013

Idioma:

Português

ISBN:

978-989-8528-91-9

Numero de páginas:

192

Preço AKZ

Palavras-chave:

1.500,00 (preço de lançamento)

Disponibilidade e condições: Disponível