Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lopes Baptista Morais

Lopes Baptista Morais

O António e hospital Américo “Boa” Vida

Mariquinha não vais acreditar no que vi hoje. Amor ao próximo precisa-se nos “nossos” hospitais. Hoje eu vi pessoas a serem corridas do hospital Américo “Boa” Vida como se cães se trata-se pela guarda do referido hospital, lá os familiares dos doentes são obrigados muitas das vezes a pagar para saber do estado do seu paciente. O que mais entristeceu-me foi ver pessoas a reclamarem porque tinham que regressar com a refeição sem ver o paciente e outros cheios de lágrimas já que seu familiar embora ter falecido muitas horas atrás a informação foi divulgada três dias depois, que triste! Marquinha minha amiga de longa data, essa mania de pensam que nos fazer favor quando vamos a um hospital público tem que acabar, esses servidores públicos, são pagos com o dinheiro do país e se descobriram que estão na profissão errada, a culpa não é nossa, ainda há muito lugar no mercado e outros locais. Temos que cultivar o amor próprio e pelo nosso próximo, não podemos continuar a pensar que é normal morrer no hospital enquanto os médicos, enfermeiros passam de um lado para outro como se estivessem numa passarela. Convidou-te a visitar o hospital Américo Boa Vida e verás como são tratadas as pessoas a começar da segurança com o nome: Jocas ponto de encontro e termina com os ... Minha amiga essa Luanda onde viemos por causa da guerra vai nos matar de tanto sofrimento...