Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lopes Baptista Morais

Lopes Baptista Morais

UAN E TOTAL ASSINAM PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

A Universidade Agostinho Neto e a Total E&P vão assinar, na próxima Quinta-feira, dia 16 de Outubro de 2014, às 10Horas, um Protocolo de Cooperação.

O acto terá lugar no Campus Universitário da Universidade Agostinho Neto em Camama, município de Belas.

O referido Protocolo tem por objectivo promover o desenvolvimento contínuo do conhecimento, através de acções que visam à capacitação científica e pedagógica do corpo docente da Universidade Agostinho Neto; arealização de seminários/workshops/visitas de estudos, com vista a proporcionar aos estudantes e ao corpo docente uma aproximação e um melhor conhecimento das principais matérias do domínio dos petróleos.

O Protocolo visa ainda estimular o intercâmbio, através da vinda à UAN de professores de instituições de ensino superior estrangeiras de referência,  e as acções de supervisão e apoio, consubstanciadas na orientação de trabalhos de investigação científica, como teses de mestrado e de doutoramento, em regime de co-orientação, bem como a atribuição de bolsas de estudo por parte da Total aos melhores estudantes, a nível de cursos de licenciatura, e a docentes, a nível de formação avançada.

 

Serão signatários da assinatura do Protocolo o Magnífico Reitor; Professor Doutor Orlando da Mata, pela UAN, e o Senhor Jean Michel Lavergne, Director-Geral da Total.

 

 

 

Declarados nulos e sem qualquer eficácia os acordos de cooperação assinados em 2008 entre a Universidade Agostinho Neto e a American World University

Em Despacho nº 2477/13, publicado no Diário da República, nº 219, I Série, de 14 de Novembro de 2013, o Ministro do Ensino Superior, Professor Adão do Nacimento, declara “nulos e sem nenhum efeito os dois Instrumentos Jurídicos de Cooperação assinados entre a Universidade Agostinho Neto e a American World University, em 2008”.

O Despacho do Ministro do Ensino Superior, considera, em consequência, “inválidos todos os documentos académicos que atestam a conclusão de formação graduada e pós-graduada na American World University”.

A decisão do Ministro do Ensino Superior tem como fundamento o facto de a American World University “não ser uma instituição de ensino acreditada pelas autoridades norte-americanas, bem como os seus cursos, quer de graduação como de pós-gradução, não terem reconhecimento das autoridades dos Estados Unidos da América”.

 

Fonte:GICD/UAN