Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Lopes Baptista Morais

Lopes Baptista Morais

Falsa

Falsa

Essa foi a primeira palavra

Que pronuncie

Quando voltei a vê-la

 

A dor era tanta

Que depois sentei

E disse

Ninguém me levanta

Essa ai não é nenhuma santa

Hoje se faz de tonta

É pena que ninguém sabe

A falta que ela me fez

 Depois que me desfez

 

Falsa igual aquela Elsa

Cheia de beleza

Que também foi atrás de riqueza

Quando se tornou realeza

Não mais quis falar da sua origem

Que a obrigava casar virgem

 

Fez dos meus dias uma miragem

Depois de uma longa viagem

Regressa exibindo a sua beleza

Que tristeza

Essa foi a minha última palavra

 

Ainda te amo!